Retórica e história do pensamento político em Quentin Skinner

Pedro Kunhavalik

Resumo


Este artigo tem por objetivo mostrar que o historiador inglês Quentin Skinner mobiliza, em sua metodologia da História do Pensamento Político, a questão da retórica na análise de textos e proferimentos realizados pelos agentes. Skinner retoma o debate acerca da noção de retórica a partir do uso que autores romanos clássicos, como Cícero, bem com autores da renascença inglesa fazem acerca da ars rhetorica. Este artigo objetiva assinalar como que, em sua metodologia, Skinner confere um papel relevante à agência humana e foca sua análise nas disputas retóricas em torno de conceitos nas quais os autores de textos ou de discursos estavam envolvidos.

Palavras-chave


Agência Humana; Contexto Histórico e Linguístico; Disputas Políticas e Intelectuais; Conceitos em Argumento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/2238-9024.16.47

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000