Qualidade e competências: a validação permanente do trabalhador

Joselaine Andréia de Godoy Stênico, Joyce Mary Adam

Resumo


Este artigo apresenta algumas proposições sobre a qualificação para o trabalho, demonstrando o desenvolvimento da construção teórica a partir de Friedmann (1973 e 1983) e Naville (1956, 1973 e 1973a), além disso, identifica a “qualificação” no contexto do século XXI. A investigação assumiu uma abordagem qualitativa, norteado pela avaliação crítica sistematizada da literatura. Entre os resultados obtidos, vale destacar que a ideia de qualificação parece não ser mais suficiente, é imprescindível ao profissional deter competências que o permita solucionar com eficácia as situações no âmbito empresarial.

Palavras-chave


Qualificação; Competências; Friedmann e Naville.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/dialogo.v0i36.3600

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000