Formação de professores de Educação Física: identidade profissional docente

Telma Sara Matos, Vilma Leni Nista-Piccolo, Maria Celia Borges

Resumo


http://dx.doi.org/10.18316/2237-8049.2016.5

Esse ensaio tem o objetivo de discorrer sobre a identidade profissional docente com enfoque em identidade profissional do professor de Educação Física (EF). Mesmo que o professor entenda a necessidade de apreensão de saberes e habilidades essenciais para sua atuação, é indispensável que compreenda a importância de desenvolver uma identidade profissional para consolidar seu trabalho. É no início de sua formação que o professor amplia seu repertório de saberes, habilidades e competências, que serão o alicerce de sua identidade profissional. Em meio a esse discurso, outras vertentes de trabalho passam a existir, contribuindo para a consolidação dessa identidade do professor de EF. A base da atuação profissional é adquirida na formação inicial, sendo uma construção dinâmica, contínua, resultado de processos de socialização.

Palavras-chave: Formação de professores. Identidade profissional. Educação física.


Training of Physical Education teachers: teacher professional identity

Abstract

This essay aims to discuss the teacher professional identity with focus on the professional identity of the Physical Education (PE) teacher. Even if the teacher understands the need of getting essential knowledge and skills to improve his/her performance, it is indispensable for him/her to understand the importance of developing a professional identity to consolidate his/her work. It is at the beginning of his/her training that the teacher extends his/her knowledge, skills and competences, which will be the foundation of his/her professional identity. In the midst of this discourse, other strands of work begin to exist, thereby contributing to the consolidation of the PE teacher identity. Professional activity basis is gained in initial training, being a dynamic and continuous construction, which is a result of socialization processes.

Keywords: Teacher training. Professional identity. Physical Education.


Palavras-chave


Formação de professores. Identidade profissional. Educação Física.

Texto completo:

PDF

Referências


BEIJAARD, D.; MEIJER, P. C.; VERLOOP, N. Reconsiderando a pesquisa sobre a identidade profissional de professores. Tradução: L. A. Bartholamei JR; S. Reis e L. P. Fernandes. In: REIS, Simone; VEEN, Klaas van; GIMENEZ, Telma (Org.). Identidades de professores de línguas. Londrina: EDUEL, 2011, p. 1-46.

BENITES, L. C.; SOUSA NETO, S.; HUNGER, D. O processo de constituição histórica das diretrizes curriculares na formação de professores de Educação Física. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 34, n. 2, p. 343-360, maio/ago. 2008.

BETTI, I. C. R.; BETTI, M. Novas perspectivas na formação profissional de educação física. Motriz, Rio Claro. v. 2, n. 1, p. 10-15, jun. 1996.

BOLIVAR, A. La identidad profesional del profesorado de secundaria: crisis y reconstrucción. Málaga, España: Ediciones Aljibe, 2006.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Resolução n. 03/87. Ministério da Educação: Brasília, 1987b.

_____. Conselho Federal de Educação. Parecer n. 215/87. Ministério da Educação: Brasília, 1987c.

_____. Conselho Federal de Educação. Decreto nº 5.154, de 23 de julho de 2004. Regulamenta o § 2º do art. 36 e os arts. 39 e 41 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2015.

_____. Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Superior. Parecer CNE/CES n. 0058, de 18 de fevereiro de: Brasília: 2004b.

_____. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores em Educação Básica: Resolução CNE/CP n.º 01, de 18 de fevereiro de 2002, do Conselho Nacional da Educação, Brasília, 2002a.

_____. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores em Educação Básica: Resolução CNE/CP n.º 02, de 19 de fevereiro de 2002, do Conselho Nacional da Educação, Brasília, 2002b.

_____. Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Educação Física, em nível superior de graduação plena: Resolução CNE/CES n.º 07, de 31 de março de 2004, do Conselho Nacional da Educação, Brasília, 2004a.

_____. Ministério da Educação. Currículo Mínimo de Educação Física: Resolução n.º 03, de 16 de junho de 1987, do Conselho Federal de Educação. Brasília, 1987.

BRZEZINSKI, I. Profissão docente: identidade e profissionalização docente. In: _____. Profissão professor: identidade e profissionalização docente. Brasília: Plano Editora, 2002, p. 7-19.

DAOLIO, J. Da cultura do corpo. Campinas: Papirus, 1995.

DUBAR, C. A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. Tradução Andrea Stahel M. da Silva. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

FINO, C. N.; SOUSA, J. M. Alterar o currículo: mudar a identidade. Revista de Estudos Curriculares, Braga, v. 1, n. 2, p. 233-250, 2003. Disponível em: . Acesso em: 20 nov. 2014.

GALINDO, W. C. M. A construção da identidade profissional docente. Revista Psicologia Ciência e Profissão, Brasília, v. 24, n. 2, p. 14-23, jun. 2004.

GARCIA, C. M. Formação de professores para uma mudança educativa. Lisboa: Porto, 1999.

_____. A identidade docente: constantes e desafios. Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação Docente, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 109-131, ago./dez. 2009.

GATTI, B. A. Os professores e sua identidade: o desvelamento da heterogeneidade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 98, ago. 1996. Disponível em: . Acesso em: 10 nov. 2015.

HALL, S. A centralidade da cultura: notas sobre as revoluções de nosso tempo. Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 22, n. 2, p. 15-46, jul./dez. 1997.

_____. Pensando a Diáspora (Reflexões Sobre a Terra no Exterior). In: Da Diáspora: identidades e mediações culturais. Liv Sovik (Org); Trad. Adelaine La Guardia Resende. Belo Horizonte: Editora UFMG; Brasília: Representação da Unesco no Brasil, 2003.

LIBÂNEO, J. C. A identidade profissional dos professores e o desenvolvimento de competências. In: _____. Organização e gestão da escola: teoria e prática. 5 ed. Ed. revista e ampliada. Goiânia: Editora Alternativa, 2004, p. 61-72.

MOREIRA, A. F. B.; CUNHA, R. C. O. A discussão da identidade na formação docente. Revista Contemporânea de Educação, v. 3, n. 5, p. 7-21, 2008.

NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F. A educação física, currículo e cultura. São Paulo: Phorte, 2009.

NUNES, M. L. F.; RÚBIO, K. O(s) currículo(s) da Educação Física e a identidade dos seus sujeitos. Currículo sem fronteiras, Mangualde, Portugal, v. 8, n. 2, p. 55-77, jul./dez. 2008.

NÓVOA, A. Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

_____. Os professores e as histórias da sua vida. In: _____. (Org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1995, p. 11-30.

_____. (Org.). Vidas de Professores. Porto: Porto Editora, 1992.

PIMENTA, S. G. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: _____. (Org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez, 1999, p. 15-32.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. G. C. Docência no Ensino Superior. São Paulo: Cortez, 2002.

SCOZ, B. Identidade e subjetividade de professores: sentidos do aprender e do ensinar. Petrópolis: Editora Vozes, 2011.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

TARDIF, M.; RAYMOND, D. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Revista Educação & Sociedade, ano XXI, n. 73, p. 209-244, dez. 2000. Disponível em: . Acesso em: 15 nov. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/2237-8049-2016.5

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index