Dream Teens – a “voz” dos jovens na discussão de problemas da sua geração

Cátia Sofia Branquinho, Jaqueline Cruz, Margarida Gaspar de Matos

Resumo


 

Estudos recentes têm vindo a identificar a necessidade de promover a “voz” dos jovens, bem como a importância da sua integração enquanto participantes ativos no processo de investigação. Contudo, em Portugal, são diariamente tomadas diversas decisões relacionadas com os jovens, nas quais estes não possuem qualquer poder de opinião ou decisão. O Dream Teens surgiu como resposta a essa necessidade. Iniciada em março de dois mil e catorze, essa rede de jovens portugueses, com idades compreendidas entre os onze e os dezoito anos, forneceu uma estrutura de apoio para que as suas ideias fossem ouvidas, promovendo a participação social e o espírito empreendedor em contextos e cenários políticos, nas áreas da educação e saúde. Neste estudo de identificação das necessidades dos jovens e de estratégias de abordagem dos problemas da sua geração, recolhidos com base na discussão ativa de temas relacionados com a saúde, bem-estar e sociedade, é apresentada uma categorização da “voz” dos jovens. Assim, com base numa aná
lise exploratória e criteriosa, de teasers/desafios lançados no grupo Facebook do projeto, são apresentados exemplos da “voz” dos jovens às categorias e subcategorias com um maior número de respostas, as quais se destacam: os amigos no nível relacional, e o pensamento crítico relacionado com a sociedade no nível cognitivo. O pensamento crítico relacionado com a escola, pertencente ao nível cognitivo, foi o assunto menos comentado nestes discursos. São ainda apresentadas implicações desse projeto na participação social/ cidadania ativa.

 


Palavras-chave


Debate; Desafios; Jovens; Participação Social; Promoção da Saúde; “Voz”.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/sdh.v5i3.3565

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000