ANÁLISE DA PATOLOGIA DE ADERÊNCIA DOS REVESTIMENTOS ARGAMASSADOS: ESTUDO DE CASO - PROBLEMAS E POSSÍVEL SOLUÇÃO

Adriano Carlos Percio

Resumo


O presente trabalho é direcionado a uma área muito empregada na construção civil no brasil, a dos revestimentos argamassados aplicados sobre superfícies de concreto. O estudo de caso tem como objetivo analisar a patologia de baixa resistência de aderência à tração de revestimentos argamassados em tetos sobre a superfície de concreto, buscando verificar as possíveis causas e uma solução viável. Como metodologia foi realizada uma revisão de literatura e após um estudo de caso de um empreendimento situado na cidade de porto alegre – rs, onde ocorreu a patologia da falha de aderência em um revestimento argamassado interno aplicado sobre a superfície de concreto em tetos. Para isso foram realizados ensaios de resistência de aderência a tração no revestimento, pré e pós aplicação do produto floursilicato de magnésio, sendo possível afirmar que o produto foi eficaz para este caso, pois nos ensaios sem utilização do produto foi obtida uma resistência média das amostras de 0,29 mpa e após a utilização houve aumento da resistência média das amostras para 0,37 mpa.


Palavras-chave


Patologias; Revestimento;Floursilicato de Magnésio; Ensaio de Resistência de Aderência à Tração.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9032

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000