MANIFESTAÇÕES PATOLÓGICAS NAS EDIFICAÇÕES DURANTE A PÓS-OCUPAÇÃO: ESTUDO DE CASO – ANÁLISE DAS OCORRÊNCIAS REGISTRADAS NO SETOR DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA

Mayara Cassia da Silva Vasconcelos

Resumo


As patologias construtivas, muitas vezes, só são verificadas e constatadas durante a pós-ocupação e por isso se tornam um grande problema tanto para o cliente quanto para a construtora. Suas causas são variadas e complexas. O presente estudo tem como objetivo identificar e analisar as causas do aparecimento de patologias durante o período da pós-ocupação de dois empreendimentos situados na cidade de Canoas - Rio Grande do Sul. Assim, foi desenvolvido inicialmente com uma pesquisa bibliográfica. A seguir, foi apresentado um estudo de caso baseado na coleta de dados do setor de assistência técnica da construtora, em que foi possível analisar os chamados ocorridos durante a pós-ocupação e identificar principais ocorrências nos empreendimentos. As informações obtidas foram organizadas de acordo com as origens das solicitações. Neste estudo foram avaliadas 298 solicitações, para as quais foram criados gráficos dos principais grupos de serviços que possuíam os maiores índices de chamados no setor. Assim, os principais grupos de chamados efetuados no setor foram as ocorrências sem procedência, instalações hidrossanitárias, instalações elétricas, esquadrias-portas, revestimentos, infiltrações/mofo, fissuras e esquadrias-janelas. 


Palavras-chave


Assistência Técnica; Manifestações Patológicas; Manutenção Predial; Patologia Construtiva; Pós-ocupação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9032

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000