PROPOSTA DE SISTEMA DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO ATRAVÉS DE ETAPAS CONVENCIONAIS E AVANÇADAS

Fernanda Rosa da Silveira, Saulo Padoin Chielle, Rafael Pereira, Fernanda Siqueira Souza

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo avaliar a possibilidade e o potencial de aplicação de processos físico-químicos do coagulante tanino e o processo oxidativo avançado de ozonização no tratamento de efluentes sanitários. Foi testado o coagulante tanino em diferentes pHs: bruto, 4, 6, 8 e 10. Após escolhido o melhor pH o coagulante foi testado variando as concentrações 261 mg/L; 523 mg/L; 784 mg/L; 1045 mg/L; 1306 mg/L e 1568 mg/L. Os ensaios experimentais mostraram que os melhores resultados foram obtidos com o pH bruto(sem adição de produto para regular o pH) alcançando 69% de remoção de DQO, 100% de turbidez e 99% de cor, na melhor concentração de tanino foi alcançado 48% de remoção de DQO, 100% de turbidez e 90% de cor com 523mg/L de concentração. Para os estudos com o planejamento experimental foi proposto avaliar o percentual de remoção de DQO, o qual demostrou uma eficiência satisfatória, com 75% de remoção. O sistema estudado neste trabalho mostrou uma alternativa eficaz para o tratamento do efluentes sanitário perante os parâmetros avaliados. 


Palavras-chave


Ozonização; Tratamento de Efluentes; Coagulação com Tanino

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9032

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000