Imagens axiais: a memória visual como fundadora da perspectiva e imaginação de uma nação

Gonzalo Leiva Quijada

Resumo


O texto é uma investigação sobre a imagem. A partir dos anos cinqüenta, a imagem fotográfica passou a ser pensada como um momento axial. Estabelece-se, nos anos oitenta, uma tradição de representação fotográfica com forte questionamento e compromisso com os setores sociais mais vulneráveis. Esse processo é concomitante com a forte consolidação da imprensa ilustrada e também com o reconhecimento da fotografia enquanto um meio de criação autônomo e eficiente quando se fala de memória cultural e imaginação de um país.

Palavras-chave


Imagem; Fotografia; Imprensa ilustrada

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1283

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000