Quando durar é recomeçar: a narrativa de vida como intuição do presente.

Lucas Graeff

Resumo


O presente artigo propõe a noção de “intuição do instante” como instrumento de análise de narrativas de vida enquanto testemunhos do presente. Para tanto, formula-se discussão conceitual sobre a temática da duração sob as perspectivas de Gaston Bachelard e de Henri Bergson visando a afirmar o caráter dramático do instante como condição de inteligibilidade do presente. A fim de ampliar a potencialidade analítica desse ponto de vista, a relação íntima entre memória individual e memória coletiva é abordada segundo os estudos de Maurice Halbwachs. Finalmente, para demonstrar a dupla potencialidade da intuição do instante como fonte de pesquisa antropológica e histórica, estuda-se a narrativa de vida de uma idosa institucionalizada enquanto depoimento sobre as formas pelas quais os diferentes determinantes culturais, econômicos e políticos organizam as experiências de vida a partir do presente.

Palavras-chave: Intuição do instante; Narrativa de vida; Memória coletiva; Tempo; Duração.

When to endure is to restart: the narrative of life as an intuition of the present

Abstract

This article proposes the concept of "instant’s intuition" as an instrument of analysis of life narratives as testimonials of the present. To do so, a conceptual discussion on the subject of duration from the perspectives of Gaston Bachelard and Henri Bergson is formulated in order to affirm the dramatics aspects of the instant as a condition of intelligibility of the present. In order to expand the analytical capability of this point of view, the close relationship between individual memory and collective memory is discussed according to the studies of Maurice Halbwachs. Finally, to demonstrate the dual capability of instant’s intuition as a source of historical and anthropological research, we study the life narrative of an aged women living in a institution as evidence about the ways in which different cultural determinants, economic and political organize the experiences of life from the present.

Key-words: Instant’s intuition. Life narratives. Collective memory. Time. Duratio.

Palavras-chave


ntuição; instante; Narrativa de vida; Memória coletiva; Tempo; Duração

Texto completo:

EM PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/162

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000