A Pomba-gira Lady Gaga e a travesti indígena: (Re/des) fazendo gênero no Alto Rio Negro, Amazonas

Eduardo Meinberg de Albuquerque Maranhão Filho

Resumo


Apresento aqui, de modo introdutório e inconclusivo, notas acerca de algumas (re/des) carpintarias de gênero observadas entre pessoas indígenas moradoras da cidade de São Gabriel da Cachoeira, no Alto Rio Negro, Amazonas, entre 2013 e 2014. Tais (re/des) confecções podem ser motivadas (dentre outros fatores, e em conexão com a própria agência e sociocosmologia indígena) por discursos religiosos. Metodologicamente, foram utilizadas observação participante na própria cidade e entrevistas de história oral com indígenas missionári@s de “cura e libertação” de homossexuais e de travestis, e com indígenas que podemos chamar, provisoriamente, bem cientes da rasurabilidade do termo, de pessoas entre-gêneros.


Palavras-chave


Gênero; Religião; Indígenas Travestis e Transexuais; São Gabriel da Cachoeira; Alto Rio Negro, Amazonas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1981-7207.15.15

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000