Intelectuais, Diáspora e Cultura: por uma crítica antimoderna e pós-colonial

Adelia Maria Miglievich Ribeiro

Resumo


Neste artigo, trago Edward Said e sua abordagem sobre o intelectual in-betweenness a fim de discutir a crítica pós-colonial formulada por Stuart Hall e Homi Bhabha mediante as categorias de hibridismo e de diferença cultural. Tal crítica alerta para o fato de que o “local da cultura” é necessariamente o da incerteza e indecidibilidade, no qual as diferenças expressam-se ininterruptamente. Assim, a diáspora ao invés de reafirmar o multiculturalismo ou o universalismo monolítico propõe a reflexão sobre os “sujeitos diversos de diferenciação” que evidenciam a fragmentação da modernidade.


Palavras-chave


Intelectuais; Diáspora; Diferença cultural; Hibridismo; Pós-colonial

Texto completo:

EM PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/402

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000