Mapeamento socioeconômico dos imigrantes haitianos atendidos pelo CRAS/Leste em Caxias do Sul-RS

Juliana Rossa, Josiane Aparecida do Nascimento do Amaral

Resumo


O impacto social das migrações internacionais contemporâneas é bastante significativo na realidade de Caxias do Sul-RS. A cidade, destaque econômico do Rio Grande do Sul, é um dos principais destinos de imigrantes no Estado, especialmente vindos de países como Haiti e Senegal. Esses processos migratórios acarretam nas cidades mudanças em diferentes aspectos, como, por exemplo, nos setores que envolvem políticas públicas. Com o objetivo de desenvolver um mapeamento do perfil socioeconômico dos imigrantes haitianos em Caxias do Sul, este projeto foi realizado no Centro de Referência da Assistência Social localizado no bairro De Lazzer, o CRAS/Leste, onde há registro de atendimento de aproximadamente 300 haitianos de 2013 a 2017. Esta pesquisa tem caráter exploratório e descritivo, com abordagem quali-quantitativa sobre a realidade da comunidade haitiana na cidade atendida pelo CRAS. Os dados foram obtidos de 102 fichas de atendimento no período referido. Os dados quantitativos foram analisados via estatística descritiva, e os dados qualitativos foram analisados por meio de análise de conteúdo. Os resultados demonstram que as principais demandas desses imigrantes são alimento, móveis e roupas, além das demandas sociais e psicológicas. Identificou-se que a assistência social tem grande impacto em suas vidas e que há carência de políticas públicas que possibilitem maior acolhimento. 


Palavras-chave


Imigrantes; Haitianos; Assistência Socia; CRAS; Caxias do Sul-RS.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/mouseion.v0i37.7584

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000