DIAGNÓSTICO DE USO DO SOLO E CONSEQUENTE ESTUDO DOS ASPECTOS E IMPACTOS AMBIENTAIS DAS MICROBACIAS DO ARROIO REPRESA GRANDE E SANGA OURO MONTE.

Luana Jesus Oliveira, Flavia Susana de Oliveira, Eliane Rodrigues dos Santos Gomes, Marlene Magnoni Bortoli

Resumo


Este estudo teve como objetivo diagnosticar o uso do solo das imediações e atuais condições ambientais da microbacia da Sanga Ouro Monte e de uma parte da bacia do Arroio Represa Grande, por meio de estudos de aspectos e impactos ambientais, tendo por base em um diagnóstico ambiental com informações representativas sobre essa área, que se localiza no município de Medianeira – PR. O referido estudo aponta ações preventivas e corretivas e sua importância norteia-se no fato de que os corpos d’água localizam-se em uma área de transição entre as regiões urbana e rural. Para a realização deste trabalho, levantaram-se dados relevantes a pesquisa durante o período de setembro de 2007 a maio de 2008, visando a identificar as alterações ocorridas no ecossistema devido aos impactos ambientais. Observou-se que o intenso processo de urbanização na cabeceira da microbacia juntamente com a falta de manejo da área rural vem ocasionando considerável degradação da área onde se localizam o Arroio Represa Grande e a Sanga Ouro Monte. Levando-se em conta todos os aspectos estudados, as Microbacias do Arroio Represa Grande e Sanga Ouro Monte apresentam-se em situação delicada no ponto de vista ambiental, principalmente em se tratando de áreas de preservação permanente no qual se encontram em estado crítico. A partir dos resultados deste estudo, pode-se concluir que as pequenas microbacias têm influencia direta na bacia hidrográfica do Rio Iguaçu e somente se os passivos ambientais das mesmas forem superados, será possível a melhora e manutenção dos recursos hídricos.

Palavras-chave: diagnóstico ambiental; microbacia; Sanga Ouro Monte; Arroio Represa Grande

ABSTRACT

Diagnosis of the use of the ground and consequence study of the aspects and impacts environmental of the microbasins of Arroio Represa Grande and Sanga Ouro Monte. This study aimed to diagnose the ground use of the surroundings and the current environmental conditions of the Sanga Ouro Monte watershed and a part of Arroio Represa Grande, studying aspects and environmental impacts, using as a research an environmental diagnostic with representative data from this area, which is located in Medianeira – PR. The study shows preventive and corrective actions and its importance is based on the fact that the rivers are located in an área between the urban and the rural area of the city. To the execution of this work, relevant data were researched from September 2007 to May 2008, aiming to identify the alterations in the ecosystem due to the environmental impacts. It has been noted that the intense process of urbanization at the head of the watershed, along with the lack of rural area management, have been occasioning a considerable degradation of the area where Arroio Represa Grande and Sanga Ouro Monte are located. Analyzing all the aspects studied, the watershed of Arroio Represa Grande and Sanga Ouro Monte are in a delicate situation from the environmental point of view, mainly about permanent preservation sites which is a critical condition. Based on the results of this study, it can be concluded that small watersheds have direct influence on a watersheds such as that of the Iguaçu River and only if their environmental liabilities are overcome, it will be possible to improve and maintain water resources.

Key words: environmental diagnosis, microbasins.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/115

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-8858

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

"Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada." Immanuel Kant.