ASSEMBLEIA DE AVES NA ÁREA URBANA DO MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ, RS: UMA REVISÃO A PARTIR DE LICENCIAMENTOS AMBIENTAIS

Luís Fernando Carvalho Perelló, Fabio Cavitione e Silva, Giliandro Gonçalves Silva

Resumo


Este trabalho apresenta um inventário da avifauna urbana do município de Gravataí, RS, elaborado a partir de dados secundários recolhidos em estudos produzidos para atender processos de licenciamento ambiental. Trata-se de primeira lista consolidada da avifauna urbana do município, a qual contabilizou 167 espécies pertencentes a 47 famílias, das quais as mais representativas foram a Thraupidae e Tyrannidae. Espécies insetívoras e onívoras representaram 69% das aves registradas. Quanto à conservação, apenas Euphonia chalybea figura na condição de “Quase ameaçada”, conforme lista da International Union for Conservation of Nature – IUCN, sendo as demais espécies consideradas como “pouco preocupante”. Foram registradas ainda 14 espécies endêmicas de Mata Atlântica. A riqueza encontrada correspondeu a 25% do total de espécies ocorrentes no Rio Grande do Sul e 75% das aves listadas para áreas verdes da região metropolitana de Porto Alegre. Acreditamos que este trabalho possa auxiliar nas tomadas de decisões de gestão ambiental em âmbito municipal e regional, bem como qualificar as análises de processos de licenciamento ambiental e também as iniciativas relacionadas com a conservação da biodiversidade local.

 


Palavras-chave


Avifauna Urbana; Assembleia de Aves; Estudos Ambientais; Gravataí.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1981-8858.16.18

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-8858

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

"Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada." Immanuel Kant.