ESTRATO REGENERANTE DO COMPONENTE LENHOSO EM ÁREA DE CAATINGA COM DIFERENTES USOS, NO SERIDÓ POTIGUAR

Marcelo Silva de Lucena, Josuel Arcanjo da Silva, Allyson Rocha Alves

Resumo


Este trabalho objetivou avaliar o comportamento da regeneração do estrato lenhoso da vegetação de Caatinga sob duas formas de usos, em duas áreas contíguas. A primeira está localizada na Estação Ecológica do Seridó (EES); a outra na Fazenda Pedro Cândido (FPC); as duas situadas em Serra Negra do Norte-RN. Foram incluídos indivíduos com CAP (circunferência do caule à altura de 1,3 m a partir do solo)  ≤ 6 cm e altura mínima  > 0,5 m. Estes foram distribuídos em duas classes de tamanho de regeneração natural (CTRN), a partir das quais se estimou as classes absoluta e relativa de tamanho e calculado o parâmetro regeneração natural relativa. Na EES, as espécies mais importantes para regeneração foram Croton blanchetianus (Pohl) Baill., Erythroxylum pungen O.E.Schulzs e Poincianella pyramidalis (Tul.) L. P. Queiroz. Na FPC, foram Croton blanchetianus e Aspidosperma pyrifolium Mart. As espécies dominantes tanto na EES quanto na FPC mantêm esse status em função da grande densidade de indivíduos nas áreas circundantes, de suas características pioneiras e dos diferentes usos das áreas. A menor intensidade de antropismo favoreceu a regeneração de uma comunidade mais diversificada e com menor dominância.


Palavras-chave


Manejo Florestal; Semiárido; Sistemas Silviculturais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rca.v12i1.3496

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-8858

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

"Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada." Immanuel Kant.