MAPEAMENTO DAS ÁREAS DE DEPOSIÇÃO IRREGULAR DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM PRESIDENTE PRUDENTE, SÃO PAULO

Jacqueline Roberta Tamashiro Berguerand Xavier, Lucas Henrique Pereira Silva, Leonardo Berguerand Xavier, Rebeca Delatore Simões

Resumo


A ausência de áreas de transbordo e triagem (ATT) de resíduos da construção civil (RCC) na Região Administrativa de Presidente Prudente, São Paulo, ocasiona a sistemática deposição irregular de RCC em fundos de vale, terrenos baldios, vias e logradouros públicos. O acúmulo destes resíduos compromete a paisagem urbana, além de ser potencial contaminante de solos e cursos de água, serve também como ambiente propício à proliferação de vetores e doenças. Com o objetivo de identificar a abrangência dos pontos irregulares de deposição de RCC, o estudo apresenta um mapeamento e a caracterização qualitativa de “ecopontos” e pontos de deposição irregular. Os pontos coletados e suas respectivas coordenadas geográficas foram obtidas através do aplicativo mobile “Minhas coordenadas GPS” e posteriormente mapeados com o auxílio do software Qgis. Os resultados obtidos indicam que há maior concentração de pontos de deposição em áreas periurbanas do município; e um alarme, ao identificar a existência de vinte e quatro locais de deposição com maior impacto ambiental, mapeados em Zonas de Preservação e Proteção Ambiental (ZPPA) – proibida pela Constituição Federal e lei de crimes ambientais nº 9.605/ 1998.


Palavras-chave


Meio ambiente; Resíduos da construção civil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rca.v16i2.7336

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-8858

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

"Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada." Immanuel Kant.