ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO POTENCIAL PROVÁVEL EM DIVINÓPOLIS – MG - BRASIL

Nayara Costa, Michael Silveira Thebaldi, Karina Vilela Rodrigues

Resumo


A evapotranspiração (ET) é um parâmetro fundamental na estimativa da exigência hídrica de uma determinada região, principalmente quando se trata de planejamento ou desenvolvimento de sistemas que envolvam o manejo da água, sendo a ET provável a lâmina de ET que pode ser igualada ou superada a determinado nível de probabilidade. Assim, objetivou-se neste estudo analisar a ET potencial provável mensal do município de Divinópolis – MG e, a partir da definição de distribuições estatísticas, identificar a que melhor representa as séries históricas de evapotranspiração mensal. Para isso, os dados diários coletados da estação meteorológica convencional do Instituto Nacional de Meteorologia foram analisados utilizando frequência de excedência de 90, 75, 50, 25 e 10%. Foram ajustadas, às séries observadas as distribuições de frequência Gumbel para Máximos, Fréchet, Gama, Log-Normal 2P e Beta, sendo as aderências destes modelos testadas pelos métodos de Kolmogorov-Smirnov e Qui-Quadrado, ambos a 5% de probabilidade. A distribuição Beta foi a que melhor aderiu à maioria das séries de evapotranspiração mensal, e a distribuição Log-Normal a 2 Parâmetros obteve a pior aderência. A ET potencial média mensal pode ser utilizada de forma satisfatória para estimar a ET potencial provável com diferentes níveis de probabilidade de ocorrência.


Palavras-chave


Balanço hídrico; Gerenciamento de recursos hídricos; Hidrologia estatística

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rca.v15i3.7733

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-8858

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

"Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada." Immanuel Kant.