OCORRÊNCIAS E CONTROLE DE SALINIDADE NO USO DE UM SISTEMA DE IRRIGAÇÃO LOCALIZADA

Giane Lavarda Melo, Mirta Teresinha Petry, Clarissa Moraes da Silva, Jainara Fresinghelli Netto, Juliano Dalcin Martins, Bruna de Villa, Felipe Tonetto, Murilo Brum de Moura, Mayara Torres Mendonça, Luciene Kazue Tokura

Resumo


Em situações de salinidade, o manejo de um sistema de irrigação localizado deve prever aspectos relacionados ao risco potencial de obstruções em emissores, como também riscos de salinidade e toxicidade aos cultivos. Com base nessa afirmação, o objetivo deste trabalho consistiu em realizar o levantamento de estudos científicos publicados com o intuito de fornecer informações relacionadas ao uso da irrigação localizada, considerando a ocorrência e controle da salinidade, atuando tanto na planta, como no solo. Com base nessa revisão bibliográfica, concluiu-se que a salinidade é um potencial redutor da produção agrícola, interferindo nas características físicas, químicas e biológicas dos solos, prejudicando assim a absorção de água e nutrientes pelas plantas, influenciando no seu crescimento e desenvolvimento. Ao longo deste estudo, pode-se concluir também que a escolha adequada do método e manejo da irrigação é essencial para estabelecer estratégias de manejo sustentável, visando subsidiar práticas de conservação do solo e da água, a fim de manter e/ou melhorar a qualidade dos recursos naturais e da produção da cultura agrícola futura.

Palavras-chave


Composição qualitativa; Produtividade; Microirrigação; Culturas agrícolas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rca.v16i2.9033

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-8858

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

"Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada." Immanuel Kant.