ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUA ESTRANGEIRA (LE) PARA PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN ATRAVÉS DO MÉTODO AUDIOLINGUAL

Rafael Gomes Rosa, Maria Alejandra Saraiva Pasca

Resumo


A Síndrome de Down é uma alteração cromossômica causada pela existência de um cromossomo extra nas células do indivíduo (GONZÁLEZ, 2007). Indivíduos com Síndrome de Down apresentam atrasos intelectuais, dificuldades auditivas, problemas referentes à linguagem e à aprendizagem. O seu processo de desenvolvimento da linguagem é particularmente problemático devido a problemas referentes à memória de curto prazo e ao processamento auditivo. No entanto, apesar de tais dificuldades, a criança com Down tem direito a aprender línguas estrangeiras (LE) e capacidade para isso, embora seja necessário planejamento de atividades e atendimento diferenciados em sala de aula em comparação com aqueles utilizados com crianças sem Down. O principal objetivo deste artigo é analisar os benefícios e desafios do método audiolingual para o ensino de LE a aprendizes com Down.  Para tanto, é feito um estudo exploratório sobre o conceito e as características da síndrome de Down, a aquisição de L2 na educação especial através da abordagem audiolingual (BUCKLEY, 2002; GOMES, 2012; GONZÁLEZ, 2007; PUESCHEL, 1993; BROWN, 2007; LARSEN-FREEMAN, 2001; RICHARDS e RODGERS, 1986).


Palavras-chave


Síndrome de Down; Língua Estrangeira; Audiolingualismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9032

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000