Dança e formação professores: A História Oral como potência formativa

Adriana Saballa, Mônica Corrêa de Borba Barboza

Resumo


Neste artigo trazemos questões suscitadas a partir de uma pesquisa sobre a trajetória de formação de uma professora de Balé clássico da cidade de Pelotas, inspirada em estudos autobiográficos e com abordagem qualitativa. Trabalhou-se com as memórias da docente e com oito depoimentos. O principal aporte foi a metodologia da História Oral, que se mostrou uma fonte potente para o campo da Formação de Professores, promovendo a compreensão dos saberes e experiências mais significativas que constituíram a prática estudada, bem como as perspectivas metodológicas resultantes deste processo.


Palavras-chave


História Oral; Formação de Professores; Memória Docente; Ensino do Balé.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1981-7207.16.42

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000