Centro de Informação e de Memória da Arqueologia do Rio Grande Do Sul (CIMARS).

Lizete Dias de Oliveira, Luciana Oliveira de Brito

Resumo


O conhecimento difundido sobre o processo histórico do Rio Grande do Sul, incluindo-se o período “histórico” e o período “pré-histórico”, fundamenta-se em uma estrutura bastante frágil e repleta de lacunas temáticas e cronológicas. Acreditamos que a organização e a difusão da informação produzida pelas pesquisas arqueológicas poderão sanar algumas dessas lacunas. O Centro de Informação e de Memória da Arqueologia do Rio Grande do Sul (CIMARS) tem como objetivo principal facilitar o acesso às informações sobre o processo de constituição da identidade cultural sul-rio-grandense. Para isso, propomos a criação de um banco de dados que centralize as informações em diversos níveis: de sistematização de informações sobre os sítios arqueológicos e sobre as instituições de pesquisa; de História Oral, através de entrevistas com arqueólogos; e de constituição de uma Biblioteca Virtual formada por textos escritos por profissionais sobre a história e a arqueologia no Rio Grande do Sul e da produção de bibliografias. Sem isso, o conhecimento produzido tende a ficar restrito a um grupo e, inevitavelmente, perder-se ante a grande produção de informação característica de nossa época.

Palavras-chave: Arqueologia no Rio Grande do Sul. Informação. Memória.

Abstract

The widespread knowledge about the historical process of Rio Grande do Sul, including the "historical" period and "pre-historic," is based on a very fragile structure and full of thematic and chronological gaps. We believe that the organization and dissemination of information produced by archaeological research may remedy some of these gaps. The Center of Information and Memory of Archaeology of Rio Grande do Sul (CIMARS) main objective is to facilitate access to information about the process of constituting the cultural identity of Rio Grande do Sul. For this, we propose the creation of a database to centralize information on several levels: systematization of information on archaeological sites and about the research institutions, Oral History, through interviews with archaeologists and establishment of a Library Virtual formed by texts written by professionals about the history and archeology in Rio Grande do Sul and the production of bibliographies. Without it, the knowledge produced tends to be restricted to one group and, inevitably, be lost before the mass production of information characteristic of our time.

Key-words: Archaeology in Rio Grande do Sul. Information. Memory.

Palavras-chave


Arqueologia; Rio Grande do Sul; Informação; Memória

Texto completo:

EM PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/p.%2062-74

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000