Desafios na gestão de recursos de um campus universitário federal na perspectiva da teoria da dependência de recursos

Gracilene Maria Silva dos Santos Costa, Florence Cavalcanti Heber Pedreira de Freitas, Manuela Ramos da Silva, Marcio Roque dos Santos da Silva

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar os desafios na gestão de recursos do Campus Universitário de Lagarto da Universidade Federal de Sergipe, o qual adota integralmente Metodologias Ativas no ensino, a partir da Teoria da Dependência de Recursos. Metodologicamente, realizou-se um estudo de caso sob abordagem mista, tendo como fontes de evidências entrevistas com gestores e ex-gestores do campus, aplicação de questionários junto aos alunos, pesquisa documental e observação participante assistemática. A partir da técnica de Análise das Narrativas, constatou-se que os maiores desafios estão associados à infraestrutura e recursos financeiros, assim como capacitação de docentes e servidores no trato com as metodologias ativas. Esses aspectos influenciam a manutenção da qualidade e inovação contínua do processo de ensino-aprendizagem baseado em metodologias ativas, haja vista a demanda por recursos específicos, o que apontou a necessidade de desenvolver práticas estratégicas para mitigar os problemas enfrentados. Dessa forma, promove-se contribuições acerca da relevância de compreender os aspectos subjacentes que influenciam a eficiência da utilização integral de metodologias diferenciadas em uma instituição de
ensino superior.


Palavras-chave


Metodologias Ativas; Dependência de Recursos; Gestão Educacional.

Texto completo:

PDF

Referências


.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/desenv.v10i1.7679

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-5537

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000