Estratégias de Prevenção do Câncer de Mama: Revisão Integrativa

Rafaela Cristina Araújo-Gomes, Adriana Gomes Nogueira Ferreira, Richard Pereira Dutra, Ana Lucia Fernandes Pereira, Marcelino Santos Neto

Resumo


Objetivo: identificar as estratégias de prevenção realizadas para o câncer de mama no âmbito da atenção primária à saúde, através de revisão integrativa. Materiais e Métodos: A busca foi realizada em quatro bases de dados com os descritores “Primary Prevention” AND “Breast Neoplasms” AND “Health Education” OR “Health Promotion” OR “Educational Technology”. Resultados: Foram selecionados 10 artigos, divididos nas categorias: diminuição dos fatores de risco; divulgação acerca do diagnóstico do câncer de mama; e uso de quimiopreventivos. Conclusão: Observa-se que diferentes estratégias são adotadas na atenção primária a saúde, de modo a assegurar maior controle dos fatores de risco modificáveis, além da adoção de comportamentos de cuidados, como: alimentação saudável, não uso de álcool e tabaco, prática de atividade física, quebra de mitos e crenças sobre a doença, autoexame da mama, realização da mamografia e uso de quimiopreventivos.


Palavras-chave


Prevenção primária. Neoplasias da mama. Educação em saúde. Promoção da saúde. Tecnologia educacional.

Texto completo:

PDF

Referências


INCA - Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. A situação do câncer de mama no Brasil: síntese de dados dos sistemas de informação. Rio de Janeiro. 2019. ISBN 978-85-7318-377-1

Bray F, Ferlay J, Soerjomataram I, Siegel RL, Torre LA, Jemal A. Global Cancer Statistics 2018: GLOBOCAN Estimates of Incidence and Mortality Worldwide for 36 Cancers in 185 Countries. CA: Cancer Journal for Clinicians. 2018. 68(6):394-424. doi: 10.3322/caac.21492

Migowski A, Silva GA, Dias MBK, Diz MDPE, Sant’ana DL, Nadanovsky P. Diretrizes para detecção precoce do câncer de mama no Brasil. II – Novas recomendações nacionais, principais evidências e controvérsias. Cad. Saúde Pública. 2018. 34(6):e00074817. doi: 10.1590/0102-311X00074817

INCA- Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Diretrizes para a detecção precoce do câncer de mama no Brasil. Rio de Janeiro. 2015. ISBN 978-85-7318-274-3

PERU. Ministério da Saúde. Plano nacional de prevenção e controle do câncer de mama no Peru 2017-2021 (R.M. No. 442-2017 / MINSA) / Ministério da Saúde. Direção Geral de Intervenções e Estratégicas em Saúde Pública. Direção de Prevenção e Controle de Câncer - Lima: Ministério da Saúde; 2017 [acesso em 2019 Mai 21]. Disponível em: http://bvs.minsa.gob.pe/local/MINSA/4234.pdf

Whittemore R, Knafl K. The integrative review: updated methodology. J. Adv. Nurs. 2005. 52(5):546-553. doi: 10.1111/j.1365-2648.2005.03621.x

Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Making the case for evidence-based practice. In: Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Evidence-based practice in nursing & healthcare. A guide to best practice. Philadelphia: Lippincot Williams & Wilkins. 3- 24; 2005.

Galvão TF, Pansani TSA. Harrad D. Principais itens para relatar revisões sistemáticas e Meta-análises: a recomendação PRISMA. Epidemiol. Serv. Saúde [Internet]. 2015 [acesso em 2019 Mai 23] 24(2):335-342. doi: 10.5123/S1679-49742015000200017

Cestari MEW, Zago MMF. A prevenção do câncer e a promoção da saúde: um desafio para o Século XXI. Revista Brasileira de Enfermagem. 2005 [acesso em 2019 Mai 18] 58(2):218-221. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672005000200018

Conway E, Wyke S, Sugden J, Mutrie N, Anderson AS. Can a lifestyle intervention be offered through NHS breast cancer screening? Challenges and opportunities identified in a qualitative study of women attending screening. BMC Public Health. 2016. 16:758. doi 10.1186/s12889-016-3445-7

Koehly LM, Morris BA, Skapinsky K, Goergen A, Ludden A. Evaluation of the Families SHARE workbook: an educational tool outlining disease risk and healthy guidelines to reduce risk of heart disease, diabetes, breast cancer and colorectal cancer. BMC Public Health. 2015. 15:1120. doi: 10.1186/s12889-015-2483-x

Sadler GR, Ryujin LT, Ko CM, Nguyen E. Korean women: breast cancer knowledge, attitudes and behaviors. BMC Public Health. 2001 [acesso em 2019 Mai 17] 1:7. Disponível em: https://doi.org/10.1186/1471-2458-1-7

Koo FK, Kwok C, White K, D’Abrew N, Roydhouse JK. Strategies for piloting a breast health promotion program in the Chinese-Australian population. Prev. Chronic Dis. 2012 [acesso em 2019 Mai 26] 9:100293. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5888/pcd9.100293

Park K, Hong WH, Kye SY, Jung E, Kim M, Park HG. Community-based intervention to promote breast cancer awareness and screening: The Korean experience. BMC Public Health. 2011 11:468. Disponível em: https://doi.org/10.1186/1471-2458-11-468

Pagkatipunan PMN. Peer Leaders and Phone Prompts: Implications in the Practice of Breast Care among College Students. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention. 2018. 19(5):1201-1207. doi:10.22034/APJCP.2018.19.5.1201

Zhang Y, Simondsen K, Kolesar JM. Exemestane for primary prevention of breast cancer in postmenopausal women. American Journal of Health-System Pharmacy. 2012. 69(16):1384–1388. doi: 10.2146/ajhp110585

Files JA, Stan DL, Allen SV, Pruthi S. Chemoprevention of breast cancer. Women's Health. 2012. 8(6):635-646. ISSN 1745-5057

Korfage IJ, Fuhrel-Forbis A, Ubel PA, Zikmund-Fisher BJ, Greene SM, McClure JB et al. Informed choice about breast cancer prevention: randomized controlled trial of an online decision aid intervention. Breast Cancer Research. 2013 [acesso em 2019 Mai 19] 15:74. Disponível em: http://breast-cancer-research.com/content/15/5/R74

INCA. Revista Rede Câncer. Ciência: Quimioprevenção: vale a pena? Rio de Janeiro. 2014. (25):18-20. Disponível em: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//rrc-25-ciencia-quimioprevencao-vale-a-pena.pdf. Acessado em 03/07/2019.

Nietsche EA. As Tecnologias Assistenciais, Educacionais e Gerenciais produzidas pelos Docentes dos Cursos de Enfermagem das Instituições de Ensino Superior de Santa Maria-RS. In: Universidade Federal de Santa Maria-UFSM. Relatório Final. Santa Maria (RS): UFSM/CNPq; 2003

Merhy EE. Em busca de ferramentas analisadoras das Tecnologias em Saúde: a informação e o dia a dia de um serviço, interrogando e gerindo trabalho em saúde. In: Merhy EE, Onoko, R, organizadores. Agir em Saúde: um desafio para o público. 2 ed. São Paulo (SP): Hucitec; 2002:113-150.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/sdh.v9i3.7319

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000