EFEITO DA DINÂMICA FLUVIAL E DA AÇÃO ANTRÓPICA SOBRE A EROSÃO DE MARGENS FLUVIAIS: O CASO DA MINERAÇÃO DE AREIA NO RIO JACUÍ

Telmo Fernando Perez de Quadros

Resumo


A extração de areia no leito do rio Jacuí tem sido a principal responsável pelo atendimento á demanda deste bem mineral para atender a construção civil do Rio Grande do Sul. Tal atividade tem sido responsabilizada pelos processos erosivos observados, principalmente, nas margens desse rio. Esse artigo traz informações e considerações técnicas baseadas em observações e estudos de campo, e em experimentos expeditos de laboratório, a respeito dos fatores antrópicos e dos fatores naturais que influenciam na erosão das margens do rio Jacuí. Tais observações são discutidas a luz do conhecimento científico, no sentido de fornecer um melhor entendimento dos processos erosivos atuantes no rio e dar sustentação aos estudos de campo e às conclusões apresentadas. O trabalho identificou atividades antrópicas e processos naturais que contribuem para a erosão das margens observadas no rio Jacuí.


Palavras-chave


Mineração; Meio Ambiente; Erosão de Margem Fluvial; Dinâmica Fluvial; Ações Antrópicas no Meio Ambiente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rca.v11i1.3179

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-8858

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

"Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada." Immanuel Kant.