A ambiência e sua influência no trabalho de equipes de saúde da família

Cecília Helena Glanzner, Agnes Olschowsky

Resumo


Objetivo: Analisar se a ambiência é um indicador de prazer ou sofrimento para os profissionais de equipes de Saúde da Família e como influencia o cotidiano de trabalho.  Método: Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa com a utilização da metodologia da Psicodinâmica do Trabalho, em que foi utilizado observação de campo e entrevistas coletivas em três unidades de saúde da família em Porto Alegre. A coleta dos dados foi realizada nos meses de outubro, novembro e dezembro de 2012 e participaram 68 sujeitos. Resultados: A ambiência refere-se ao ambiente físico e tem sua importância pois tem se configurado um indicador de sofrimento, interferindo no cotidiano de trabalho de profissionais das equipes de Saúde da Família. Conclusão: A ambiência permeia conflitos entre a equipe, interferindo diretamente no trabalho e no relacionamento entre os profissionais.

Palavras-chave


Enfermagem; Saúde da família; Avaliação em Saúde

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/sdh.v5i1.2880

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000