Interações e ações dos sujeitos na cultura da gestão de resíduos

Maria de Lourdes Borges, Robinson Henrique Scholz, Nathalia Amaral Pereira de Souza, Inge dos Santos Christmann

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar as interações e ações dos sujeitos na cultura da gestão de resíduos de uma cooperativa de recicladores (Cootre – Esteio/RS), constituindo-se de um estudo de caso.  Os resultados das análises indicam que as interações de trabalho promovem uma cultura de gestão de resíduos em que as práticas efetivas do trabalho associado podem ser compreendidas como práticas de autogestão e da economia solidária. (SINGER, 2000; GAIGER, 2004). Observou-se também que a autogestão se estabelece independente da ação direta da líder, que possui um papel mais estratégico.


Palavras-chave


Interações; cultura; gestão de resíduos; autogestão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000