Patrimônio e comunidade. Perspectiva da educação patrimonial Chilena (1970-2015)

Macarena Ibarra

Resumo


Apesar de ser denunciada nos primeiros acordos internacionais sobre monumentos, a relação entre o patrimônio e comunidade tornou-se mais importante nos últimos anos. Este é um vínculo que tem incentivado o desenvolvimento de iniciativas de educação patrimonial, tarefa apesar de ter sido descrita anteriormente, tornou-se parte de uma agenda muito atual. A fim de ter um olhar para as perspectivas de que tomou a educação patrimonial no Chile, este trabalho instala a discussão sobre mudanças na noção de patrimônio como significou, em parte, incorporando a comunidade como um importante ator no processo de patrimonialização. À luz de acordos internacionais, principalmente, a segunda parte examina o debate internacional sobre educação patrimonial desde o interesse em criar consiciencia por parte dos Estados. Em uma terceira parte, é revisada a maneira pela qual a comunidade tem aumentado a sua participação nos processos de patrimonialização no Chile, a fim de levantar alguns desafios. Desafios que se tornam especialmente significativos quando se considera que, apesar da motivação e interesse que tem sido levantados sobre a questão, se trata de um campo relativamente novo.


Palavras-chave


Educação Patrimonial; Patrimônio e da Comunidade; Patrimônio e da Sociedade Civil.

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1981-7207.16.17

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000