O patrimônio como recurso para o desenvolvimento

Ana Clara Gianechini

Resumo


A emergência de um consenso sobre a necessidade de integrar o patrimônio cultural ao desenvolvimento social e econômico na sociedade contemporânea é foco desta reflexão, relacionando-o a diferentes construções narrativas sobre o desenvolvimento. Os escritos da Comissão Mundial de Cultura e Desenvolvimento da década de 1990 situam historicamente os consensos internacionais sobre as funções que pode adquirir a cultura nesse campo. As análises de Celso Furtado sobre o desenvolvimento como progresso e transformação são utilizadas como principais referências para a compreensão das correntes dominantes no caso latino-americano. O debate é trazido para a década de 1990, sublinhando novas vertentes e matrizes para os sentidos dos debates especializados.


Palavras-chave


Patrimônio cultural, cultura e desenvolvimento, cultura como recurso para o desenvolvimento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/mouseion.v0i33.6047

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000