CONFLITO TRABALHO-FAMÍLIA: A INTERAÇÃO DE PAPÉIS NA VISÃO DE SECRETÁRIOS EXECUTIVOS

Kadma Lanubia da Silva Maia, Jomária Mata de Lima Alloufa, Richard Medeiros de Araújo

Resumo


Esta pesquisa objetivou compreender como se dá o conflito na interação trabalho-família de secretários executivos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa cujos dados foram colhidos por meio da técnica de entrevista semiestruturada aplicada a 20 secretários executivos, servidores de uma Instituição Federal de Ensino Superior. Para a compreensão e a interpretação dos dados, utilizou-se a técnica de análise de conteúdo. Os resultados identificaram a existência de conflito na interação. O tempo emergiu como o maior gerador de conflito do trabalho; sobrecarga, relacionamento e estresse como elementos de conflito comuns aos dois domínios; problemas de saúde e estresse como principais implicações dos conflitos do trabalho; desmotivação, baixo rendimento e falta de concentração como principais implicações dos conflitos da família. O equilíbrio apareceu como a estratégia mais utilizada para minimizar o conflito trabalho-família. Conclui-se que trabalho e família são essenciais e complementares na vida humana; ajudam-se e contrariam-se mutuamente, contudo o primordial na relação é a maneira como o indivíduo encara e administra os conflitos provenientes dessa relação.


Palavras-chave


Papéis do Trabalho e da Família; Conflito Trabalho-família; Secretários Executivos.

Texto completo:

PDF

Referências


.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/2316-5537.16.14

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-5537

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000