Percepção ambiental de discentes sobre o uso de sacolas plásticas

Danilo Aparecido Alves, Geraldino Carneiro de Araújo

Resumo


O objetivo deste artigo é o de analisar a percepção de futuros administradores (discentes) sobre as sacolas plásticas, considerando a questão ambiental. Este trabalho tem como contextualização teórica a problemática das sacolas plásticas em relação ao meio ambiente. A metodologia se caracteriza como uma pesquisa exploratória e descritiva, com abordagem qualitativa, usando a técnica de grupo focal. Os dados foram tratados por meio da análise de conteúdo. Os resultados mostram que os integrantes do grupo focal entendem da problemática das sacolas plásticas e percebem sua utilização como hábito cultural. Diante das análises dos dados, não ficou evidenciada a consciência ambiental. Houve evidências de conhecimento sobre as implicações ambientais das sacolas plásticas, bem como percepções de que a universidade promove discussões sobre o tema em prol da mudança de comportamentos. Os futuros administradores do grupo focal possuem certo nível de conhecimento, entretanto não foram notadas habilidades e atitudes que pudessem mitigar a problemática das sacolas plásticas.


Palavras-chave


Sacolas Plásticas; Percepção Ambiental; Consciência Ambiental.

Texto completo:

Sem título


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/desenv.v7i1.3548

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-5537

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000