Empreendedorismo social e economia criativa: o caso do projeto NEOJIBA

Tatiane Lopes Duarte, Lúcia Rejane da Rosa Madruga

Resumo


O objetivo desta pesquisa é identificar as características organizacionais e a forma de gestão de um projeto de orquestra infanto-juvenil. O referencial teórico concentra-se na abordagem da economia criativa e do empreendedorismo social. O objeto de investigação foi o Programa NEOJIBA (Bahia), para o qual realizou-se uma pesquisa exploratória, descritiva com abordagem qualitativa, estruturada em três etapas: documental, observação e entrevistas. A análise dos dados foi realizada por meio de análise textual, análise de protocolos e registro, análise de conteúdo e triangulação de dados. Os resultados das análises indicam que a gestão do projeto está associada com a preocupação em relação à proporção de tamanho que o programa está atingindo. Em relação aos principais fatores de sucesso, os entrevistados evidenciaram o papel do Maestro e Regente Ricardo Castro e sua rede de relacionamentos. Também foi destacada a preocupação com a excelência, com a marca NEOJIBA.


Palavras-chave


Empreendedorismo Social; Economia Criativa; Orquestras NEOJIBA.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/desenv.v7i1.4369

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-5537

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000