Feira da Sulanca em Caruaru-PE: um Palco Cultural para as Representações Simbólicas entre Compradores e Vendedores

Carinne de Oliveira Lima, Maria Auxiliadora Diniz de Sá

Resumo


A Feira da Sulanca, em Caruaru-PE, ambiente cultural que tem seus significados em tudo que lá está representado, torna-se um cenário propício para se analisar relacionamentos de marketing, importante objeto de discussão na literatura. Por meio de uma pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva, utilizando-se como método e técnica de coleta dos dados, a dramaturgia, a entrevista e a observação direta não-participante, buscou-se identificar significados das relações comerciais entre compradores e vendedores. Entre os principais resultados, pode-se observar que os significados dessas relações representam aspectos não somente ligados à comercialização, mas também a outros elementos como amizade, confiança e intimidade.

Palavras-chave


Relações Comerciais; Cultura; Representações Simbólicas.

Texto completo:

PDF

Referências


AIJO, T. S. The theoretical and philosophical underpinnings of relationship marketing: environmental factors behind the changing marketing paradigm. European Journal of Marketing, v. 30, n.2, pp. 8-18, 1996.

ARAÚJO, G. Múltiplos discursos sobre a Feira de Campina Grande. Campina Grande: Agenda, 2006.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BAUER, M., AARTS, B. A construção do corpus: um princípio para coleta de dados qualitativos. In: BAUER, M.; GASKELL, G. (Org.) Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2008.

BAUER, M.; GASKELL, G.; ALLUN, N. Qualidade, quantidade e interesses do conhecimento: evitando confusões. In: BAUER, M. ; GASKELL, G. (Org.) Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2008.

BAUDRILLARD. J. O sistema dos objetos. 5. ed. São Paulo, Perspectiva, 2008.

BERRY, L. Relationship marketing of services – growing interest, emerging perspectives. Journal of the Academy of Marketing Science. v. 23, n. 4, p. 236-245, 1995.

BERRY, L. Relationship marketing of service: Perspectives from 1983 and 2000. Journal of Relationship Marketing, v.1, n.1, pp. 59-77, 2002.

BITNER, M. Servicescapes: the impact of physical surroundings on customers and employees. Journal of Marketing, v. 56. n.2, p.57-71, 1992.

BITNER, M. Building service relationships: it’s all about promises. Journal of Academy of Marketing, v.23, p. 246- 251, 1995.

BITNER, M. J.; BOOMS, B. H.; TETHEAULT, M.S. The service encounter: diagnosing favorable and unfavorable incidents. Journal of Marketing, v. 54, n.1, p. 71-84, 1992.

CANCLINI, N. G. As culturas populares no capitalismo. São Paulo: Editora Brasiliense, 1983.

FITZSIMMONS, J.A.; FITZSIMMONS, M.J. Administração de Serviços: operacões, estratégias e tecnologia da informação. 6.ed. Porto Alegre:Bookman, 2011.

FLICK, U. Uma introdução à pesquisa qualitativa. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.

GASKELL, G. Entrevistas individuais e grupais. In BAUER, Martin W; GASKELL, G. (Org.) Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2008.

GODOI, C.; BALSINI, C. A Pesquisa Qualitativa nos Estudos Organizacionais Brasileiros: uma análise bibliométrica. In: GODOI, C.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. (Org.). Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. São Paulo: Saraiva 2006.

GOFFMAN, E. A representação do eu na vida cotidiana. Petrópolis: Vozes, 2007.

GRÖNROOS, C. Quo vadis, marketing? Toward a relationship marketing paradigm. Journal of Marketing Management, v.10, p. 334-360, 1994.

GRÖNROOS, C. Relationship Marketing: the strategy continuum. Journal of the academy of marketing science, v.23, p. 252-254, 1995.

GRÖNROOS, C. Marketing gerenciamento e serviços. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

GROVE. The service experience as theatre. Advances in Consumer Research. v.19, p. 455- 461, 1992.

GROVE, S. J.; FISK, R.P. DORSCH, M. C. Assessing the theatrical components of the service encounter: a cluster analysis examination. The Service Industries Journal, v.18, n. 03, pp. 116-134, 1998.

GROVE, S. J.; FISK, R.P. LAFORGE, M. C. Developing the impression management skills of the service work: an application of Stanislavsky’s principals in a service context. The Service Industries Journal, v.24, n. 02, pp. 01-14, 2004.

GUIMARÃES, F. Treinamento em gerenciamento de impressões e teoria da aprendizagem social: um estudo em lojas de varejo de moda sob a perspectiva dramatúrgica. 2009. Dissertação (Mestrado em Administração) - Programa de Pós-graduação em Administração. Universidade Federal de Pernambuco, Recife: 2009.

GUMMESSON, E. Relationship marketing in the new economy. Journal of Relationship Marketing, v.1, n.1, p.37-57, 2002.

IPHAN. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. PATRIMONIO CULTURAL IMATERIAL, Feira de Caruaru. Histórico e dados, 2007. In: www.iphan.gov.br. Acessado em junho, 2008.

LEÃO, A. L. M. S.; SOUZA NETO, A. F.; FONSECA, F. R. B.; MELLO, S. C. B. Marketing interno e a formação de sujeitos reflexivos. Working paper, 2007.

LEÃO, A. L. M. S. Compreendendo a atmosfera de relacionamento sob a ótica da fenomenologia da percepção: um estudo de caso de um relacionamento diádico. II EMA, Anais..., Rio de Janeiro, 2006.

LOVELOCK, C; WIRTZ, J.; HEMZO, M.A. Marketing de serviços: pessoas, tecnologia e estratégia. 7.ed, São Paulo: Pearson, 2011.

McCRACKEN, G. Cultura e consumo: novas abordagens ao caráter simbólico dos bens e das atividades de consumo. Rio de Janeiro: MAUAD, 2003.

MELO, S. C. B.; LEÃO, A. L. M.; SOUZA NETO; A. F. O “papel” dos encontros de serviço na formação e na manutenção de relacionamentos. Gestão.Org, v.2, n. 1, p.50-64, Janeira/abril, 2004.

MIRANDA, A. P. C. de; PEPECE, O. M. C.; MELLO, S. C. B. Simbolic behavior: consumption and socialization. In: Business Association of Latin American Studies, 2001, San Diego. Anais... p. 101-101.

ROESCH, S. Projetos de estágio e de pesquisa em administração. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2005.

SEBRAE. Estudo de caracterização econômica do Pólo de Confecções do Agreste Pernambucano, 2003. Disponível em: www.sebrae.pe.com.br. Acessado em 01 junho de 2008.

SHETH, J.N.; PARVATIYAR, A. Evolving relationship marketing into a discipline. Journal of relationship marketing, v.1, n.1, pp.3-16, 2002

SLATER, D. Cultura do consumo e modernidade. São Paulo: Nobel, 2002.

SOLOMON, M. O Comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. 7 ed. Porto Alegre: Bookman, 2008.

SOLOMON, M.; SURPRENANT, C.; CZEPIEL; J. A.; GUTMAN, E. G. A Role Theory perspective on dyadic interactions: the service encounter. Journal of Marketing. v. 49, p. 99-111, winter, 1985.

VANNUCCHI, A. Cultura brasileira: o que é e como se faz. São Paulo: Edições Loyola, 1999.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/desenv.v8i2.5109

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-5537

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000