A gestão de estoque nas organizações: uma análise crítica entre a iniciativa pública e a privada

Rafael Freitas, Aletéia de Moura Carpes, Maíra Nunes Piveta, Bruno de Moura Carvalho, Nathália Rigui Trindade

Resumo


Tanto os gestores das organizações públicas quanto das privadas devem conferir especial atenção à administração de materiais, dada à capacidade de esta atividade afetar positiva ou negativamente os resultados organizacionais. Nesse sentido, o presente estudo tem por objetivo realizar uma análise crítica entre a gestão de estoque de peças de veículos de uma organização pública (Exército brasileiro) e de uma empresa privada do setor automobilístico. Com isso, pretende-se ampliar o conhecimento gerencial acerca da administração de materiais a partir da análise das similaridades e diferenças existentes em as organizações. Para tanto, foi realizado um estudo qualitativo a partir de entrevistas com gestores das organizações. A análise e interpretação dos dados deu-se por meio de análise de conteúdo. Dentre os principais resultados, destacam-se semelhanças no gerenciamento de estoque entre as organizações, visto que ambas utilizam as mesmas ferramentas de gestão, enquanto a diferença envolve a aquisição dos materiais, previsão de demanda e tempo de reposição.


Palavras-chave


Administração de Materiais; Exército Brasileiro; Setor Automobilístico.

Texto completo:

PDF

Referências


.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/desenv.v9i1.5663

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-5537

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000