Análise da recessão econômica de 2015 no desempenho financeiro da indústria de construção e engenharia

Laisa Oliveira Pinto, Marinês Taffarel, Maricléia Aparecida Leite Novak, Gelson Menon

Resumo


A pesquisa tem como objetivo analisar se a recessão econômica de 2015 apresenta impacto nos indicadores de desempenho das empresas que compõem o Setor de Construção e Engenharia no Brasil.  A abordagem da pesquisa foi  quantitativa e a amostra compreendeu 22 empresas analisadas no período de 2012 a 2017. Os dados foram analisados por meio de Estatística Descritiva e análise de diferença de médias para dados pareados (amostras dependentes) por meio da aplicação do Teste dos Sinais, que busca investigar se duas condições para uma mesma amostra são diferentes. Para tanto, os indicadores contábil-financeiros das empresas foram divididos em dois períodos: antes da crise de 2015 (período de 2012 a 2014) e depois da crise: (período de 2015 a 2017). Os resultados mostraram oscilações em todos os indicadores analisados. No entanto, de acordo com o Teste dos Sinais, realizado para os períodos antes e depois da crise de 2015, somente os indicadores de Razão Receita/Despesa, Rentabilidade do Patrimônio Líquido e Liquidez Seca mostraram-se estatisticamente diferentes. Isso confirma que a crise afetou diretamente as empresas do Setor de Construção e Engenharia analisadas, especialmente aumentando a proporção dos custos em relação ao volume de receitas geradas.

 


Palavras-chave


Recessão Econômica; Setor de Construção e Engenharia; Desempenho Financeiro.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/desenv.v10i3.8333

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-5537

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000