Pioneiros na sociologia Nórdica do direito

Hakan Hyden

Resumo


A Sociologia do Direito nos países nórdicos cresceu principalmente no período pós-guerra. Foi associado com o início do estabelecimento do estado do bem-estar social. Aqueles que são principalmente considerados como pioneiros são Vilhelm Aubert (1922-1988), Per Stjernquist (1912-2005) e Agnete Weis bentson (1918-). Aubert lidou com temas como a resolução de conflitos, a igualdade perante a lei e a profissão jurídica. O interesse principal de Stjernquist foi sobre a lei como instrumento político. A contribuição principal de Weis Bentzon está relacionada com colocar a base para a regulação da sociedade Groenlândica através de um levantamento dos costumes do povo da Groenlândia. Finalmente, há razão para mencionar Theodor Geiger (1891-1952), embora ele não exercesse o mesmo papel para o desenvolvimento da Sociologia Nórdica do Direito como a alemã. Geiger argumentou para a inclusão de normas sociais para a compreensão da coesão social. O artigo apresenta o trabalho desses estudiosos.

Palavras-chave


Sociologia do Direito; Países nórdicos; Pioneiros

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1124

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista REDES - ISSN 2318-8081

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Canoas/RS Cep: 92.010-000.

Prédio 6.


Indexadores


DiadorimDOAJLatindexDialnet
Google Academicos
CiteFactorOCLCCrossrefPeriódicos
BASESumários