O liberalismo de John Rawls e a necessidade do reconhecimento

Rodrigo Badaró de Carvalho

Resumo


O presente trabalho objetivou discutir os principais pontos apresentados pela teoria liberal da justiça, com especial destaque para o teórico John Rawls, em contraste com as proposições feitas por novos autores que buscam extrapolar o paradigma distributivo enfocado pelo liberalismo. Para tanto, lançou-se mão da teoria do reconhecimento, de Axel Honneth, para indicar a necessidade de estar-se atento a questões essenciais à justiça que o liberalismo distributivista não abarca em suas proposições.


Palavras-chave


Liberalismo; Distributivismo; Reconhecimento; Justiça

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1297

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista REDES - ISSN 2318-8081

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Canoas/RS Cep: 92.010-000.

Prédio 6.


Indexadores


DiadorimDOAJLatindexDialnet
Google Academicos
CiteFactorOCLCCrossrefPeriódicos
BASESumários