Abertura relacional e dignidade da pessoa humana: breves considerações sobre a tutela das relações interpessoais como meio de proteção da personalidade

Bruna Agostinho Barbosa Altoé, José Sebastião de Oliveira

Resumo


Os direitos da personalidade não mais se enclausuram na análise do indivíduo isoladamente considerado. Por isso, é insuficiente a compreensão de que a dignidade do ser humano se resume à proteção dos elementos individualizantes da pessoa. Em realidade, embora também seja essencial a proteção das marcas próprias de cada indivíduo, é preciso reconhecer que deriva da própria condição humana a manutenção de relações interpessoais. A pessoa é um ser naturalmente comunitário, que sempre se insere em alguma abertura relacional. Assim, a tutela da dignidade da pessoa humana passa, também, pela tutela da liberdade das relações interpessoais.


Palavras-chave


Pessoa; Personalidade; Dignidade da Pessoa Humana; Relações Interpessoais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/redes.v8i1.5364

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista REDES - ISSN 2318-8081

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Canoas/RS Cep: 92.010-000.

Prédio 6.


Indexadores/Catálogo


DiadorimLatindexDialnet
BASE