Os reflexos da primeira infância no crescimento e desenvolvimento da criança na educação infantil

Veronica Jocasta Casarotto, Cati Reckelberg Azambuja, Juliana Saibt Martins, Franceliane Jobim Benedetti

Resumo


A presente pesquisa teve por objetivo avaliar crianças da primeira infância na educação infantil. Para atingir os objetivos propostos contamos com a colaboração de dez mães e bebês residentes no Município de Santa Maria/RS. Para sua realização, utilizamos pesquisa transversal com abordagem descritiva de cunho quanti-qualitativo. O instrumento metodológico utilizado foi um questionário procurando coletar informações pessoais da mãe e do bebê, além de avaliações dos reflexos dos bebês. As avaliações aconteceram no primeiro e no sexto mês. Os dados foram analisados através da estatística descritiva (média desvio-padrão e porcentagem). Das dez avaliações realizadas, três tiveram algum tipo de alteração. Dessas alterações, aquela que inspirara mais atenção é o reflexo tônico, pois esse aparece em torno do 3° mês sendo inibido no 6° mês, caso isso não ocorra pode alterar algumas tarefas como rolar, levantar, coordenação de olhos e mãos e alguns movimentos de girar.  Confiamos que ao frequentarem a educação infantil os bebês sejam estimulados, pois muitas vezes as mães por falta de informação não tem a percepção que o crescimento e desenvolvimentos dos bebês estejam atrasados.

Palavras-chave


Reflexos; Crescimento e desenvolvimento; Educação infantil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/2150

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000