Caixa preta: o uso de metáforas para tratarmos temas delicados

Marília Ávila de Freitas Aguiar, Eduardo Carlos Tavares, Gláucia Rezende Tavares

Resumo


Contextualização: Nos acidentes aéreos a abertura da caixa preta é fundamental para esclarecer o ocorrido. Da mesma forma, o abrir da Caixa Preta metafórica, proposto neste relato, lida com a complementaridade de temas delicados, desafiantes e inquietantes numa articulação lúcida e reflexiva. Objetivo: Estimular a reflexão sobre temas delicados de forma sensível, criativa, não impositiva. Metodologia: A ideia de Abrir a Caixa Preta é oferecer uma sequência de imagens animadas e metafóricas, associadas a algumas palavras chave, convidando a uma interação reflexiva sobre temas delicados, em especial a fragilidade e terminalidade da vida. Em um primeiro momento são apresentadas imagens e palavras que trazem uma carga emocional negativa, que vão sendo colocadas dentro de uma caixa virtual e essa fica escura, pesada e se fecha. No segundo momento são mostradas imagens e palavras complementares aos temas tratados, sugerindo leveza e uma nova maneira de encarar os desafios da vida. Resultado: Nossa experiência com essa forma de abordagem trouxe resultados significativos, que ajudaram pessoas a enfrentarem com sucesso suas dificuldades ao lidar com temas delicados, como demonstrado nas declarações pós-participação. Conclusão: Parece-nos que a utilização de metáforas, organizadas na forma proposta, é de grande valia, como coadjuvante do processo de elaboração de transtornos secundários aos traumas emocionais.


Palavras-chave


Terminalidade; Morte; Luto; Tanatologia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/sdh.v7i3.3491

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000