Fatores que interferem na escolha de método contraceptivo no planejamento familiar

Mirella Pacheco da Silva, Lucélia Caroline dos Santos Cardoso, Emily da Silva Eberhardt, João Vitor Cardozo Rodrigues, André Luis Bendl

Resumo


Objetivo: Apresentar as particularidades envolvidas nas escolhas de métodos contraceptivos por casais. Materiais e métodos: Revisão integrativa da literatura científica nacional. Utilizou-se os termos “planejamento familiar”, “gênero”, “homem ou masculino” e “mulher ou feminino”, combinados entre si. A busca foi realizada nas bases de dados SCIELO, BDEnf e Lilacs no período de maio a junho de 2019. Resultados: Fizeram parte deste estudo 10 artigos publicados entre 2008 e 2018, evidenciando que a falta de conhecimento masculino pode ser vista como um dos motivos para deixarem as escolhas de planejamento familiar e métodos contraceptivos para o grupo feminino, além da falta de orientação e diferença entre os gêneros. Os homens apresentam dificuldade de aceitação dos métodos contraceptivos masculinos e muitas vezes, mesmo sem procurar conhecimento, influenciam na escolha do método contraceptivo. Conclusões: O presente estudo permitiu observar e constatar diversos fatores relacionados a contracepção em diferentes visões de acordo com o gênero. Entre ambos os grupos, a mulher é quem possui maior conhecimento sobre a variedade de métodos disponíveis no mercado, todavia, a predominância masculina influencia na escolha do casal.


Palavras-chave


Planejamento Familiar; Anticoncepção; Comportamento de Escolha.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/sdh.v9i1.7236

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000