O efeito de aulas de hóquei indoor semanais no desenvolvimento motor de escolares de 8 a 10 anos

Nádia Gomes Lopes, Adriana Marques Toigo

Resumo


Objetivo: Investigar as contribuições da iniciação esportiva ao hóquei indoor para o desenvolvimento motor (motricidade fina, motricidade global, equilíbrio, esquema corporal, organização espacial e organização temporal) de crianças de 8 a 10 anos, e compará-las a crianças de mesma idade cujas aulas de Educação Física não contemplaram a iniciação a esse esporte. Método: 21 crianças (grupo experimental) foram submetidas a prática semanal de hóquei durante as aulas de Educação Física, durante 10 semanas, e comparadas àquelas cujas aulas não incluíram o ensino desse esporte (grupo controle; n = 30). A bateria de testes utilizada foi a Escala de Desenvolvimento Motor, a qual foi aplicada antes e após a intervenção com hóquei. Resultados: O grupo experimental apresentou diferenças estatisticamente significativas entre o pré e o pós-teste na idade motora geral, motricidade fina, motricidade grossa, esquema corporal/rapidez e quociente motor geral, representando uma diminuição no atraso motor. No pós-teste entre os grupos, somente a variável quociente motor geral organização espacial apresentou diferença. Conclusão: O hóquei indoor, como modalidade de iniciação esportiva nas aulas de Educação Física, evidenciou potencial para desenvolver aspectos psicomotores em razão da diversidade de seu repertório motor.


Palavras-chave


Desenvolvimento Motor; Hóquei; Intervenção.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/sdh.v5i3.3744

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000