Representações sociais da psicologia sobre os usuários do CRAS: culpabilização dos sujeitos em situação de vulnerabilidade social

Vinicius Tonollier Pereira, Pedrinho A. Guareschi

Resumo


O artigo objetiva discutir a culpabilização dos sujeitos por sua situação de vulnerabilidade social. O estudo do qual esta pesquisa faz parte investigou as representações sociais de profissionais da psicologia que atuam em Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) sobre os usuários deste serviço. Foram realizadas 21 entrevistas. O material foi submetido à análise de discurso. Os resultados apontam para a responsabilização dos usuários por sua condição, desconsiderando os aspectos sociais, políticos e  econômicos que estão na origem dessas situações.


Palavras-chave


Psicologia; Assistência Social; CRAS; Vulnerabilidade Social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1626

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

 

Indexadores

DiadorimLatindex