“Dialogar para curar”: os encontros dialógicos no conflito Israel-Palestina

Natanael Gomide Junior

Resumo


O conflito entre Israel-Palestina já se estende por décadas e parece estar longe de sua resolução final, tendo em vista a crescente espiral de violência e extremismo político e religioso de ambas partes. É diante desse cenário de desesperança que tem atuado grupos locais mistos que tentam trazer a paz e a reconciliação por meio de encontros dialógicos. O argumento desenvolvido neste artigo pontua a importância dos agentes locais na construção da paz, vistos que os esforços top-down, por si só, se mostraram insuficientes para construir um caminho rumo a uma paz sustentável e duradoura. Para esta análise, utilizaremos como ‘guia’ o constructo analítico teórico dos Estudos para a Paz, centrados especialmente na resolução de conflitos e na Virada Local.

Palavras-chave


Conflito Israel-Palestina; Estudos para a Paz; Encontros Dialógicos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/dialogo.v0i45.5354

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

 

Indexadores

DiadorimLatindex