Terra, lugar e espaço: a luta dos pobres por cidadania e dignidade no Brasil desde uma perspectiva teológica

Roberto Zwetsch

Resumo


Neste trabalho, pretendo demonstrar como a luta dos pobres no Brasil representa um esforço sem precedentes por um lugar ao sol no contexto da cidadania e por espaço de vida para dignificar a vida humana em nosso país. Tomarei, como exemplo, um dos maiores movimentos sociais da América Latina, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. No primeiro item, vou fazer referência à organização dos trabalhadores rurais sem terra (MST) para a realidade do campo no Brasil e sua demanda por espaço, reconhecimento e cidadania. Em seguida, pretendo oferecer alguns elementos de hermenêutica teológica que auxiliem a interpretar a luta dessas pessoas e de seu movimento a partir de referenciais teológicos, de tal forma que esta realidade questione simultaneamente a igreja cristã e a sociedade, que marginaliza milhões de pessoas em nosso país. Este texto nasceu de um acompanhamento pastoral que faço há dez anos junto ao Setor D do Assentamento Filhos de Sepé, distrito de Águas Claras, Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre, RS, sempre com a participação de estudantes de Teologia da Escola Superior de Teologia, de São Leopoldo, RS.

Palavras-chave: Direito à terra, Dignidade humana, MST, Assentamento Filhos de Sepé.

Abstract: In this paper I intend to show how the fight of the poor in Brazil represents an unprecedented effort for a place in the sun in the context of citizenship and for living space to dignify human life in our country. I will take as na example, one of the greatest social movements in Latin America, the Movement of Landless Rural Workers. In the first item, I will refer to the organization of landless rural workers (MST) to the reality of the field in Brazil and its demand for space, recognition and citizenship. After that, I intend to offer some elements of theological hermeneutics to interpret the fight of these people and their movement from theological references, so that this reality questions the Christian church and society that marginalizes millions of people in our country. This text was born from a pastoral care that I have been doing for ten years with the Settlement Sector D named Sons of Sepe, in Aguas Claras district, in Viamão in the metropolitan region of Porto Alegre, always with the participation of students from the School of Theology in São Leopoldo, RS.

Key words: Land rights, Human dignity, MST, Settlement Sons of Sepe.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/61

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

 

Indexadores

DiadorimLatindex