Comunicação museológica: as raízes do distanciamento entre museu e sociedade

Diego Lemos Ribeiro, José Paulo Siefert Brahm, Davi Kiermes Tavares

Resumo


O presente artigo tem como objetivo sinalizar os principais marcos teóricos da área de comunicação, com vistas a compreender algumas das raízes históricas do patente afastamento entre museu e sociedade. Para este fim, traçou-se um breve histórico das instituições museológicas, para analisar os principais vetores que orientam as relações comunicativas entre museu e sociedade ao longo do tempo. Igualmente, buscou-se, por intermédio do referencial teórico compilado, arrazoar alguns caminhos possíveis para encurtar a distância entre esses dois universos.


Palavras-chave


Museus; Comunicação; Exposições; Identidades.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1981-7207.16.34

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1981-7207

Universidade La Salle - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000