Influências da qualidade de vida laboral e motivação em uma empresa catarinense

Regiane Rodrigues, Rodrigo Mayer, Iramar Baptistella do Nascimento, Raquel Fleig

Resumo


Quando a empresa trabalha em prol da qualidade de vida de seus colaboradores é possível que se obtenha um clima organizacional favorável e um maior compromisso de todas as partes. Esta pesquisa tem como objetivo avaliar a qualidade de vida laboral dos trabalhadores e identificar as principais variáveis que podem apresentar associação com a motivação dos profissionais de uma empresa de chicotes elétricos situada ao norte do estado de Santa Catarina. Para tal, foram realizados os seguintes questionários: sócio econômico e o Quality of Working Life Questionnarie –Bref. A aplicação de 89 questionários ocorreu entre os meses de agosto e outubro de 2018. Consecutivamente, cinco variáveis foram verificadas relacionando as chances para o fator motivação. Foram tratadas estatisticamente por meio do software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), versão 21.0. Com base nos resultados obtidos com a pesquisa foi possível perceber que determinados aspectos tem potencial de melhoria, sendo o exemplo mais nítido a relação entre líderes e subordinados, principalmente no que se refere à igualdade de tratamento entre eles. O estudo sugere que o trabalhador casado e o homem que realiza atividade física 1 ou 2 vezes por semana apresenta chances de maior motivação no trabalho (OR=1,22; IC95% 1,09–1,48) e (OR=2,49; IC95% 1,27–10,4) respectivamente, (p<0,05).


Palavras-chave


Qualidade de Vida; Motivação; Cultura Organizacional; Liderança.

Texto completo:

PDF

Referências


.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/desenv.v8i3.5555

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-5537

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000