Teoria dos sistemas: a comunicação e a linguagem como abertura causal para garantia da clausura operacional dos sistemas sociais

Cláudio Rogério Sousa Lira, Júlio César Maggio Stürmer

Resumo


O estudo aqui proposto abordará a Teoria dos Sistemas e a importância da comunicação e da linguagem para a clausura operacional dos sistemas sociais. Para tanto, será efetuado uma revisão bibliográfica sobre a Teoria Sistêmica a partir dos seus principais autores internacionais e nacionais, possibilitando uma (re)discussão do papel da comunicação e da linguagem na relação entre sistemas e entorno. O que se verá no decorrer das linhas desenvolvidas neste artigo é que não existe sociedade sem comunicação. Essa comunicação é realizada por meio da linguagem. Assim, pretende-se sustentar que a comunicação depende da linguagem, isto é, não existe comunicação sem linguagem. Por isso, afirma-se que a linguagem marca a diferença na comunicação entre sistema e o entorno, função essa que representa a estabilidade do sistema no plano da auto-organização e da (re)produção.


Palavras-chave


sistema – autopoiese – comunicação – linguagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/2318-8081.15.3

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista REDES - ISSN 2318-8081

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Canoas/RS Cep: 92.010-000.

Prédio 6.


Indexadores


DiadorimDOAJLatindexDialnet
Google Academicos
CiteFactorOCLCCrossrefPeriódicos
BASESumários