New-Look Law Firms e Lawtechs: para além da inovação de solução, uma questão de inovação de significado no mercado de serviço jurídico

Fernanda Borghetti Cantali, Guilherme Wünsch

Resumo


A aliança entre o direito e a tecnologia não é tarefa fácil, dado o conservadorismo do mercado jurídico. Startups jurídicas, chamadas lawtechs, que aliam a tecnologia à prestação de serviço jurídico são hoje uma realidade. O mercado está mudando, muito por conta do uso de novas tecnologias, o que, aliás, vem colocando a humanidade em uma nova fase. O mercado jurídico ainda não foi tão fortemente impactado, mas o será nos próximos anos. Esse impacto não decorre apenas da disseminação de lawtechs; os escritórios de advocacia precisam adotar um novo perfil de atuação. Os profissionais do direito precisam inovar nas soluções jurídicas; inovar no “como” se dá a prestação do serviço jurídico. Contudo, a inovação de solução, na forma como o serviço é prestado, não é suficiente para uma inovação disruptiva no setor. É necessário também uma inovação de significado deste serviço. Para a realização da pesquisa, utilizar-se-á o método científico indutivo, eis que, a partir da observação das mudanças impostas pelas novas tecnologias, se verifica a necessidade de remodelação e ressignificação da prestação do serviço jurídico. No que toca à abordagem, a pesquisa será qualitativa, buscando-se explicar o porquê das mudanças, exprimindo-se também o que convém ser feito.

 


Palavras-chave


Novas tecnologias; disrupção; escritórios de advocacia; lawtechs; inovação de significado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/redes.v9i1.6104

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista REDES - ISSN 2318-8081

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Canoas/RS Cep: 92.010-000.

Prédio 6.


Indexadores/Catálogo


DiadorimLatindexDialnet
BASEISSN

 

<!-- Histats.com