Desenvolvimento de habilidades motoras: evidências de validade de um novo instrumento de medida

Gabriel Henrique Treter Gonçalves, Marcos Alencar Abaide Balbinotti, Carlos Adelar Abaide Balbinotti

Resumo


Introdução: O desenvolvimento de habilidades motoras é um dos conteúdos mais lembrados pela literatura relacionada à pedagogia do esporte. Objetivo: Testar o modelo quadridimensional – Orientação ao Aperfeiçoamento (OA), Orientação à Conformação (OC), Orientação a Adequação ao Estágio Motos (OAEM) e Orientação a Práticas Variadas (OPV) – avaliado pela Escala sobre o Desenvolvimento de Habilidades Motoras no Contexto de Competições Esportivas (EDHMCCE-14) – através dos princípios métricos de análises fatoriais e consistência interna. Método: Foi utilizada uma amostra de 108 participantes de 20 a 61 anos, de ambos os sexos, treinadores esportivos. Resultados: Os resultados das análises fatoriais exploratória (explicando cerca de 50% da variância total do construto) e confirmatória (GFI = 0,89; AGFI = 0,83; x2/gl = 1,424; RMSEA = 0,063; PCLOSE = 0,220; CFI = 0,934) permitem concluir que o modelo testado confirmou a existência de 4 dimensões (OA, OC, OAEM, OPV). Os resultados do estudo de consistência interna obtidos pelo cálculo alpha de Cronbach (0,67 a 0,73), asseguram a relativa precisão das dimensões medidas e a confiabilidade de sua utilização aos objetivos a que se propõe. Conclusão: Novos estudos devem explorar/testar outras importantes qualidades métricas deste instrumento (validade de conteúdo e fidedignidade teste-reteste, entre outras). Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Processo nº 88881.135861/2016-01).


Palavras-chave


Validade; Fidedignidade; Treinadores; Competição.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/sdh.v6i3.3587

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000