Ações de educação alimentar e nutricional em pré-escolares: um relato de experiência.

Vanessa Backes, Franciny Santos França, Jordana Silva dos Santos, Juliana Flesch Marques, Maria Carolina Ramos da Silva, Fernanda Cardonetti Gresele

Resumo


É durante a infância que ocorre a formação do hábito alimentar, e, por isso, destaca-se a necessidade de ações que estimulem a alimentação adequada e saudável, incentivando a autonomia alimentar. O objetivo deste trabalho foi desenvolver autonomia alimentar nos pré-escolares de 5 a 6 anos de uma escola privada de Educação Infantil de Sapucaia do Sul, a partir de ações educativas em alimentação e nutrição. Foram propostas para a turma de pré-escolares quatro intervenções: a primeira delas foi através do conto “Tia Zilá e suas amigas frutas”; na segunda foi abordada a trajetória dos alimentos, a necessidade da mastigação e medidas caseiras; na terceira, a roda dos alimentos; e, na quarta, autonomia alimentar. Após quinze dias da última intervenção, foi realizada a observação dos resultados. Os alunos demonstraram conhecer os alimentos, ter coordenação motora suficiente para servirem e se alimentarem individualmente, além de ter interesse pelas atividades propostas, bem como participar delas. Contudo, para que estas ações tenham continuidade, faz-se necessária a participação e o engajamento daqueles que acompanham diariamente as crianças.


Palavras-chave


Pré-escolares; Autonomia; Mastigação; Educação Alimentar e Nutricional.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/sdh.v6i3.4401

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000